9. Umbelina de Barros

“Pés de Barro”
Mirene

Umbelina Barros nasceu em 1974.
Em 2008 conclui a Licenciatura em Artes Plásticas e Novos Média, ESAD.CR/IPL.
Em 2010 conclui o Mestrado em Artes Plásticas na mesma escola e presentemente frequenta
o programa de Doutoramento em Ensino Artístico, ministrado em parceria pelas Faculdades
de Belas Artes e de Psicologia e Ciências da Educação, ambas pertencentes à Universidade
do Porto.
Desde 1998 que possui atelier próprio, nas Caldas da Rainha, tendo participado em inúmeras exposições individuais e colectivas.
“Pés de Barro”, na sua mística proverbial leva o espetador à introspeção sobre as histórias (im)possíveis, narradas na figuração dos membros do corpo, estando o restante obstruído pelo abstracionismo da forma geométrica que suportam.
A acepção firme que evoca a expressão “pés de barro”, seja em tom inquisitório ou introspetivo, deixa muitas amplitudes a descobrir no universo que ocultam as formas geométricas da série.
Ter pés de barro e ser quadrado, retilíneo ou disforme, são alguns dos apontamentos insinuados.
Em tom de sugestão, esta série pode designar ainda a realidade que nos assola na questão dos refugiados, onde pés descalços percorrem o MUNDO, sendo o coletivo conhecido e o individual abstrato, tão mais abstrato que a própria forma geométrica.